GuidePedia


A concessionária que administra o estádio do Maracanã e o ginásio do Maracanãzinho entrará nesta terça-feira com requerimento de arbitragem junto à Fundação Getúlio Vargas a fim de solucionar divergências da tentativa de acordo de rescisão com o governo do estado, prevista para julho, mas que ainda não aconteceu.

O objetivo da arbitragem é "dirimir divergências que não são consenso entre as partes". A FGV terá a incumbência de fazer a conciliação, uma vez que houve "controvérsia decorrente da interpretação ou execução do contrato".

Segundo a concessionária, isso não afetará Flamengo nem Fluminense.

- Para realizar o jogos restantes do Campeonato Brasileiro de 2016, a concessionária Maracanã e os clubes Regatas Flamengo e Fluminense Football Club estudam aditivos contratuais que permitam aos clubes cariocas administrar suas partidas no estádio, enquanto a arbitragem não define uma data para a saída da concessionária. Os novos contratos permitem que os clubes sejam responsáveis por itens como bilheteria, controle de acesso, segurança e limpeza, por exemplo.
O governo já anunciou que fará nova licitação.

Fonte: Lance

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top