GuidePedia


Figueirense reclama do pênalti marcado em Gabriel Jesus e de outro não anotado em Rafael Silva. No lance do segundo gol, catarinenses reclamam bola fora na lateral
Na 31ª rodada, ficaram no jogo do Palmeiras, líder do Campeonato Brasileiro, as principais polêmicas de arbitragem. Os dois gols do time paulista na vitória por 2 a 1 foram envolvidos em dúvidas. No primeiro, o Figueirense reclamou que não houve pênalti em Gabriel Jesus. No segundo, o vídeo acima sugere que a bola quicou fora do campo no arremesso lateral batido por Dudu.
O jogador palmeirense aproveitou que a defesa do Figueirense estava desarrumada e, afastado da linha lateral, cobrou rápido. A distância para o gramado fez com que a bola pareça primeiro bater fora do campo e depois entrar nele. Na sequência do lance, o Palmeiras fez o segundo gol, com Jean – abrindo 2 a 0 de vantagem. Arbitragem e jogadores não perceberam a situação – o arremesso deveria ter sido repetido.
– Se a bola quica fora, é preciso repetir a cobrança – disse Leonardo Gaciba, comentarista de arbitragem da TV Globo.
Antes, haviam ocorrido outras polêmicas. O primeiro gol do Palmeiras saiu em pênalti marcado sobre Gabriel Jesus – Jean cobrou e fez. Os jogadores do Figueirense argumentaram que Bruno Alves não cometeu infração ao disputar a bola pelo alto com o atacante alviverde.
Depois, o time da casa pediu pênalti em Rafael Silva, ignorado pela arbitragem. Aconteceu aos 27 do segundo tempo, quando a partida ainda estava 1 a 0. O atacante do Figueira foi tocado por Egídio na área.
– Não concordo com duas marcações do juiz. Ele errou ao não dar o pênalti para o Figueirense, e eu não daria o pênalti para o Palmeiras, embora o lance desse margem para interpretação – opinou Gaciba.
Ainda no primeiro tempo, houve outro lance duvidoso. Dudu se enrolou com a marcação e foi ao chão dentro da área de defesa do Figueirense. Ele pediu pênalti, mas não foi atendido. No intervalo, o jogador reclamou muito do lance. Para Gaciba, não houve pênalti na jogada.
Fonte: GE
Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top