GuidePedia


O Santa Cruz bem que tentou, mas não conseguiu adquirir 60% dos direitos econômicos de Keno. O clube tinha até esta sexta-feira para depositar o valor referente à compra e também à renovação contratual até 2018. O mais curioso é que o Tricolor chegou a anunciar oficialmente no mês de junho que tinha efetuado a aquisição - e agora vai ficar a ver navios.

O clube só terá direito a 30% de uma possível venda do jogador - "direito de vitrine", que foi estipulado em contrato. O Santa Cruz tentou de todas as formas levantar fundos para comprar os 60%, mas só conseguiu depositar 10% do valor, e essa quantia será devolvida pelo São José-RS.

Quando o Santa Cruz anunciou oficialmente que tinha comprado 60% dos direitos econômicos de Keno e estava resolvendo a renovação contratual até o fim de 2018, tinha, na verdade, assinado apenas um pré-contrato com o jogador. O São José-RS, por sua vez, renovou o vínculo com o atacante - foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF nesta semana - e tem conversas com alguns clubes interessados, como Flamengo(clique aqui), Santos e os portugueses Porto e Sporting Lisboa.

Segundo informações obtidas pelo GloboEsporte.com, o jogador sabe que o futuro não será mais no Arruda. Alguns companheiros de time já comentaram com Keno sobre as sondagens que ele vem sofrendo por parte de alguns clubes interessados.

Keno  teve uma passagem pelo Santa Cruz em 2014. Foi titular, mas não obteve muito destaque naquela Série B. Depois de passar por Atlas-MEX e Ponte Preta - onde rescindiu o contrato -, ele voltou ao Santa no início desta temporada e vem se destacando muito. Em 51 partidas disputadas na temporada, marcou 16 gols. É o vice-artilheiro do time.

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top