GuidePedia


O retorno de Rafael Mineiro se tornou questão de tempo. O ala-pivô, que se contundiu no Sul-Americano da Venezuela, está em fase final de recuperação e deve começar a treinar com o time na semana que vem. Ontem, antes da equipe começar o aquecimento, o jogador arremessou algumas bolas ao lado Pedrinho Rava e depois realizou trabalho de fisioterapia acompanhado por Ricardo Machado. 

Procurado pela reportagem do Garrafão Rubro-Negro, Rafael se mostrou tranquilo e deu um prazo para sua volta:

"Estamos progredindo aos poucos, pois a lesão que eu tive demanda tempo mesmo. Estou me sentindo melhor, totalmente sem dor e tenho feito a parte de preparação física junto com a fisioterapia. Creio que em uma semana já estarei de volta às quadras para ajudar o Flamengo."

Mineiro admitiu que sentiu falta do esporte nas férias, analisou o entrosamento do elenco e ressaltou a importância do Estadual.

"Quando você fica de férias, sente falta do basquete e da vontade de jogar. Agora, quando você está aqui, é mais difícil ainda. A vontade cresce e a única coisa que dá pra fazer é torcer de fora. Você entende melhor o lado do torcedor. Eu vejo que o time está evoluindo bastante. Esse ano estamos fazendo uma coisa diferente, com muitos amistosos e eu acho legal para o entrosamento da equipe. Espero que a gente esteja preparado para o Carioca (competição em andamento) e para os outros campeonatos. Por falar em Carioca, eu considero esse torneio importante demais para o basquete. Em São Paulo, os times conseguem ritmo jogando o Estadual, por conta da força do campeonato. O Rio precisa de mais equipes de camisa, isso acaba dando uma motivação a mais."

A amizade com Fischer, recém-contratado, foi citada pelo camisa 12, que elogiou bastante o novo companheiro:

"Já jogamos juntos em São José Dos Campos, onde tivemos nosso primeiro contato. E até falando de brincadeira, o santo bateu (risos). Nos entrosamos rápido e, desde então, virou uma grande amizade e nunca perdemos isso, independente do momento. Quando ele falou que viria para o Flamengo, eu avisei para a galera daqui que ele era dez e ia nos ajudar muito fora de quadra. Afinal, dentro, nós sabemos que se trata de um excelente jogador."

Fonte: Garrafão rubro-negro

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top