GuidePedia


A próxima edição da Libertadores terá uma série de modificações, como a maior duração e provavelmente final em jogo único. A mudança que mais atraiu a atenção dos times brasileiros, porém, deve ter sido o aumento do número de participantes para 42 clubes, o que provavelmente classificará mais uma equipe via Campeonato Brasileiro para o torneio sul-americano.

A situação pode fazer com que o 6º colocado do Brasileirão consiga a vaga para a competição da Conmebol. Atualmente, esta posição tem seis clubes na disputa.

O atual dono da "vaga extra" no momento é o Atlético-PR, 6º do certame, com 42 pontos. Logo atrás aparece o Corinthians, com 41, e o Grêmio, com 40.

Uma das grandes sensações do campeonato, a Ponte Preta também está no bolo, em 9º lugar, com 39 pontos, enquanto Botafogo e Chapecoense, ambos com 38, são os outros que pleiteiam o "troféu 6º lugar" e a provável ida à Libertadores.

Abaixo deles, aparece o São Paulo, que tem 34 pontos, em 12º lugar, e está longe de pensar na parte de cima da tabela, já que está mais próximo da zona da degola (4 pontos) do que do 6º lugar (8 pontos).

Para que o 6º colocado do Brasileirão consiga a vaga continental, porém, uma combinação na partida de cima da tabela precisa acontecer.

Um desses resultados é uma equipe brasileira vencer a Copa Sul-Americana (o que classifica automaticamente para a Libertadores) e terminar também no G-4 do Brasileiro.

Atualmente, o Flamengo tem chance de fazer isso, já que é um dos favoritos no torneio continental e também é o vice-líder do Nacional.

Outro resultado que deve acontecer é o campeão da Copa do Brasil terminar no G-4. A situação mais provável em que isso ocorra é no caso de Palmeiras (1º colocado), Atlético-MG (3º) ou Santos (4º) conquistarem o torneio mata-mata.

Se tudo isso se confirmar, o 6º colocado do Brasileirão deve ganhar um lugar na Libertadores, entrando na fase prévia e tendo que passar por um playoff para entrar nos grupos.

Fonte: ESPN

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top