GuidePedia


Camilo tratou de tranquilizar a torcida do Botafogo. Valorizado no mercado, o meia de 30 anos foi procurado por Atlético-MG e está sendo observado pelo Flamengo como um potencial substituto de Alan Patrick, que deve voltar ao Shakthar Donetsk, da Ucrânia. Os alvinegros logo se lembram da polêmica saída de Willian Arão para o rival e temem por uma nova perda importante, mas o próprio jogador acalmou os ânimos dos torcedores. No início da tarde desta quarta-feira, ele concedeu entrevista coletiva após o treino fechado em General Severiano, lembrou que tem contrato até maio de 2018 e deixou em aberto a possibilidade de renovar.

– Sou muito tranquilo. Até a mim não chegou nada. Deixar para os meus representantes e com o Botafogo. Estou concentrado hoje no Botafogo. Meu vínculo é aqui, estou feliz, quem sabe até estender. Tenho respaldo dos funcionários, atletas e contrato até 2018.

Apesar do assédio, o Botafogo também se mostra tranquilo. O motivo? Uma multa rescisória de R$ 15 milhões. No fim do ano, o valor sofrerá uma queda de cerca de R$ 2,5 milhões, mas nada que tire o sono dos dirigentes. Internamente em General Severiano, acredita-se que nenhum clube brasileiro pagaria tal quantia, ainda mais pela crise financeira do país. Para times do exterior, a multa é de U$ 7 milhões (cerca de R$ 22,5 milhões). Para elevar a multa rescisória, o clube precisaria aumentar o salário do jogador. Embora esteja valorizado, Camilo está longe de ter uma das remunerações mais altas em General Severiano – o camisa 10 não está nem entre os cinco maiores salários do clube, atrás de atletas que chegaram a General Severiano prestigiados e de outros que renovaram contrato recentemente.

Desde sua estreia de gala na vitória sobre o Internacional no Beira-Rio, Camilo vem sendo o maior destaque da reação do Botafogo no Campeonato Brasileiro. Disputou todos os 17 jogos até aqui, aumentou o aproveitamento da equipe de 30% para 56,8% e teve participação em 11 dos 25 gols da equipe na Série A. Por falar em bola na rede, ele já fez seis com a camisa alvinegra e tem se especializado em golaços, ganhando até o apelido de "artilheiro dos gols bonitos" de Dodô. Além do faro de goleador, o camisa 10 também mostra seu lado garçom e é o segundo que mais deu assistências no clube na temporada, com cinco passes decisivos.

Para 2017, a tendência é que o Botafogo busque outro meia para fazer dupla com Camilo. Jair Ventura não tem um substituto a altura no elenco atual, embora há outros cinco da posição no plantel. Contra o América-MG, Leandrinho foi o escolhido para substituir o camisa 10 no segundo tempo, mas a mudança não surtiu efeito. Entre as opções, o jovem de 20 anos é o mais utilizado, mas ainda é muito inexperiente e disputa sua primeira Série A. Os demais nomes para o setor estão em baixa: os gringos Gervásio "Yaca" Núñez, Salgueiro e Lizio não convenceram, e Gegê, que até começou bem a temporada com Ricardo Gomes, caiu no esquecimento.

Fonte: GE

Curta nossa página no Facebook:http://migre.me/tbpub
Siga-nos no Twitter:http://migre.me/tbpub


 
Top